01/04/2007

JOGO DE SORTE (PARA O PORTO)...



BENFICA1-1PORTO
A verdade é que, injustamente, acabámos por não vencer o FC Porto enquanto tivemos oportunidade de o fazer, mas o que realmente interessa é que conseguimos, pelo menos, empatar frente a um Porto que nada fez para nos levar de vencidos pela primeira vez esta época na Luz.A primeira parte foi muito disputada, mas com um futebol pouco atracti
vo.O golo do Porto surgiu no final da primeira parte e só aconteceu porque um jogador chamado Anderson (o do Benfica) se esqueceu de marcar Pepe, que só precisou de empurrar a bola para o fundo da baliza;Anderson acabou por se revelar uma ameaça ao futebol do Benfica, por falhar passes e cortes vezes sem conta.
Quanto à segunda parte da partida, foi muito menos disputada porque o Benfica entrou realmente com vontade de vencer e o Porto nem teve oportunidade de se mexer.As oportunidades foram muitas mas a sorte de Helton também, destacando-se entre as oportunidades de golo o cabeceamento de Mantorras e o remate de Derlei já na fase final do jogo.Rui Costa fez um regresso em grande, entrando no início da segu
nda parte por Katsouranis , criando oportunidades de golo, dando mais ânimo à equipa e acrescentando criatividade a um jogo que estivera, anteriormente, morto.O nosso golo, depois de um remate de cabeça de David Luiz ao poste, surgiu através de um auto-golo de Lucho González que, involuntariamente empurrou para o fundo das redes do Porto.Jogámos melhor, criámos as oportunidades,... mas não fomos capazes de ultrapassar o clube da Invicta, que nada fez para empatar sequer.
O que eu achei realmente lamentável foi a atitude dos adeptos portistas que feriram pessoas e prejudicaram o espectáculo ao atirarem explosivos para os benfiquistas, incluindo crianças pequenas...Lamentável...

Sem comentários: